quarta-feira, 30 de maio de 2012

Poesia e Música na Biblioteca

video
Ainda na Semana da Lusofonia, desfrutámos de momentos de poesia e música na Biblioteca. Ouvimos os poemas Lágrima de preta (Patrícia Neves), Mãe negra (Constança), Liberdade, Pelo sonho é que vamos. Escutámos  os sons da flauta (Carolina, Catarina e Mariana), do violino (Patrícia e Vítor) e do saxofone (Jessica).



video

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Interturmas Literário - última sessão do 8º ano

Realizou-se, hoje, a última sessão do Interturmas Literário Ler -Jogar - Ganhar do 8º ano. Concorreram as turmas C e E.
A equipa do 8º C (José Carreira, Leonardo Henriques, Marcelo Conceição, Margarida Mafra e Pedro Novais) apresentou, na prova de criatividade, o texto que se segue ao ritmo da canção "We will rock you" gravada e executada pelo grupo Queen:
Força, força, Amália
Força, força, Amália
Força, Amália (Refrão)

Tu vais conseguir
casaste com Duarte
Em vez de desistir
        Refrão
Tu agora estás feliz
Mas ele só sabe mentir
O casamento vai acabar
Quando o teu pai descobrir
         Refrão
Joaquina e José Félix
Quiseram ajudar
Para com o dinheiro
Se poderem sustentar
        Refrão

domingo, 27 de maio de 2012

Dia de África




Para assinalar o Dia de África, Inês Pereira, do grupo missionário Ondjoyetu e recém chegada de Angola, esteve, uma vez mais, na Biblioteca José Saraiva. Partilhou connosco fotografias, conhecimentos e a sua experiência junto da população da região do Sumbe.


Na passada 6ª feira esteve de novo connosco a Inês Pereira, do grupo missionário Ondjoyetu, para partilhar com os alunos do 7ºA, do 9º D e do 9º A e E (EMRC) a experiência vivida com o povo do Gungo (Angola).
A Inês foi para Angola em janeiro de 2011 e regressou no passado dia 20.
Para além do trabalho missionário de base, dedicou-se particularmente à Pastoral da Criança e ao projeto de agricultura.
O projeto da Pastoral da Criança visa, sobretudo, formar lideres que, nas comunidades, acompanhem as mães de modo a conseguir que estas prestem às suas crianças alguns cuidados básicos (que as populações não conhecem) com o objetivo de melhorar a sobrevivência dos bebés (atualmente a taxa de mortalidade até aos 2 anos é de 40%!). Contou-nos alguns casos em que, com mudanças simples nas práticas tradicionais, se conseguiram verdadeiros milagres.
O trabalho no projeto de agricultura consiste em formar as populações para as ajudar a cultivar plantas de elevado valor nutritivo que possam servir de acompanhamento à fuba (papa tradicional de farinha de milho), melhorando o valor nutricional da alimentação e ajudando a combater o grave problema da má nutrição. No Gungo, a má nutrição deve-se mais ao desconhecimento do que propriamente à escassez de alimentos.
Ainda não tivemos ecos do alunos sobre o que ouviram, mas, a avaliar pela atenção que prestaram, devem ter gostado muito.
Um grande muito obrigado à Inês!

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Visita ao JI de Pernelhas

  No âmbito das atividades da Semana da Lusofonia, as professoras Carmo Pereira e Goreti Custódio, acompanhadas pela aluna Ana Lúcia (6º G), deslocaram-se ao JI de Pernelhas.
Aí, as professoras contaram a história "O primeiro pirilampo do mundo", de Agualusa; a Ana Lúcia cantou uma música africana.
Os meninos das educadoras Beatriz e Rosário não só ouviram com toda a atenção como também participaram ativamente na sessão, uma vez que presentearam as visitantes, cantando diversas lengalengas que tinham aprendido na sala.



Demonstração e sensibilização para a arte africana


Ontem, dia 23 de maio, na Biblioteca José Saraiva, decorreu uma ação de sensibilização apresentada pela professora Catarina Cardeira que se disponibilizou a falar sobre arte africana com os alunos do 7º G e 8º B. O público-alvo mostrou-se muito recetivo à forma de abordagem do tema.
Foram oferecidos marcadores com reproduções da arte em questão.



segunda-feira, 21 de maio de 2012



Logotipo do Projecto
Clique nesta imagem!
Entre 21 e 25 de maio, decorre a Semana da Lusofonia durante a qual são dinamizadas diversas atividades pelos alunos e para os alunos do Agrupamento José Saraiva, em estreita colaboração com a biblioteca da escola sede. Ao longo da semana, está patente, neste espaço, uma exposição de artefactos africanos: instrumentos musicais, panos, estatuetas, entre outros, e uma mostra/feira do livro de autores lusófonos (com o apoio da Livraria Boa Leitura). As turmas A e E do 8º ano realizam, ainda, atividades de angariação de fundos no âmbito do projeto.
Hoje, dia 21, Dia do Desenvolvimento, realizaram-se, na Biblioteca, as seguintes atividades:
 Pelas onze horas, os alunos do 4º ano, turma D, da escola EB1/JI da  Cruz da Areia, acompanhados pela professora Conceição Coelho, atuaram para os colegas do 5ºC. Deram a conhecer o trabalho que desenvolveram no projeto “Viva a Língua Portuguesa”: apresentaram os vários países lusófonos, cantaram e dançaram a canção tradicional africana “Kokoleoko” (Mãe, o galo canta; são horas de levantar). Após um breve ensaio, o entusiasmo redobrou, pois todos os que se encontravam na biblioteca cantaram e dançaram “Kokoleoko”. O 4º D terminou a sua atuação com  a música  de origem portuguesa  “As pombinhas da Catrina”. E, uma vez mais, todos cantaram!
Turma D do 4º ano







 


Mais tarde, os alunos Diogo Guerreiro, Eduardo Filipe, José Vindeirinho, Maria Beatriz, Joana Ramos e Sara Sorrilha tocaram e cantaram para os alunos do 5º B e 8ºA.






Paralelamente, elementos do projeto “Nós com África” fizeram a divulgação das atividades desenvolvidas ao longo do presente ano letivo para os alunos do 4º D, 5ºB, 5ºC e 8ºA.


Mais uma sessão do Interturmas Literário

No dia 18 de maio, foi a vez de as turmas C e D do 8º ano prestarem provas no Interturmas literário Ler-Jogar-Ganhar. Ficam aqui registados alguns dos momentos do concurso. Foi grande a animação!!!


terça-feira, 15 de maio de 2012

2ª edição do Interturmas literário

Decorreu hoje, na Biblioteca, mais uma  sessão do concurso Ler-Jogar-Ganhar, esta semana destinado ao 8º ano. As cinco provas pretendem testar os conhecimentos e a criatividade das equipas no âmbito do estudo da obra Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett, recentemente concluído.
As turmas A e B estão de parabéns pelo trabalho que desenvolveram e pelo empenho colocado na realização das diferentes provas, sobretudo na de criatividade.